Follow by Email

sábado, 27 de dezembro de 2008

Férias frustradas



Escrevi por horas e perdi...não salvei nada, não sei para onde e nem porque.
Então vai um resumo:



*FÉRIAS É PARA QUEM VIAJA.
*FÉRIAS É PARA QUEM ADORA VISITAS.
*FÉRIAS É PARA QUEM TEM REQUINTE.
*FÉRIAS É PARA QUEM NÃO TEM MEDO DA MULTIPLICAÇÃO DA CEIA DE NATAL.( alguém pode explicar o motivo dessas comidinhas nunca acabarem?)
*FÉRIAS É PARA GENTE MAGRA.
*FÉRIAS É PARA QUEM TEM $$$$.
*FÉRIAS É PARA QUEM AMA O SOSSEGO.
*FÉRIAS NÃO É PARA FUMANTE.
*FÉRIAS É PARA QUEM NÃO PRECISA TRABALHAR.
*FÉRIAS É PARA QUEM ESTÁ EM LUA DE MEL.
*FÉRIAS É ....
***********PARA TODO O MUNDO MENOS PARA MIM.



NÃO GOSTO DE FAZER VISITAS E MUITO MENOS DE SER VISITADA,


NÃO VOU VIAJAR NEM PARA CIDADEZINHA VIZINHA,


MEU REQUINTE ACABA NO SEGUNDO GOLE DE CERVEJA,


SE EU NÃO TIVESSE CRIADO A CORAGEM DE JOGAR A CEIA FORA O PERU TERIA RESSUCITADO,


COM ESSA MULTIPLICAÇÃO DE ARROZ A GREGA,CHESTER E PERUS ENGORDEI O SUFICIENTE PARA FICAR EM JEJUM 5 SEMANAS,


SOU DESASSOSSEGADA MINHA MEDITAÇÃO É FEITA COM OLHOS ABERTOS E CIGARRO NO CANTO DA BOCA,


O ÓCIO ME FAZ FUMAR COMO SÓCIA DA SOUZA CRUZ,


EU PRECISO TRABALHAR MUITO MAIS QUE NEGA RUIM, POIS O MASTERCARD NÃO TIRA FÉRIAS E A FATURA CHEGA NO DIA CERTO,


ME RECUSO A FALAR DA LUA DE MEL.



POR FIM: FÉRIAS É PARA QUEM SABE MEXER NO SEU COMPUTADOR NOVO.
EU NÃO SEI E QUANDO ACHO QUE FIZ O GRANDE TEXTO DO ANO E QUE VOU GANHAR O PRÊMIO NOBEL DA LITERATURA, ELE DESAPARECE SEM AVISO PRÉVIO.
A VONTADE É TIRAR FÉRIAS DE MIM, JÁ QUE NÃO POSSO....ESTOU emputecida MESMO, VOU VIRAR MAIS UMA VEZ MEMBRO INTEGRANTE DO SOFÁ.


CASO ALGUÉM QUEIRA ME COMPRAR VAI TER QUE LEVAR O SOFÁ JUNTO.
E TENHO DITO.



AMANHÃ QUIÇA VOLTAREI MENOS ÁCIDA.
BAL 2



Ps: Não conta para ninguém minha amiga, mas andei sondando o preço do botox, é o olho da cara! BOTOX É COISA....não não vou começar!

Me preparando para um Botox

Depois de mais ou menos 2 horas no telefone com minha amiga Bal2... Orelha quente (chega a estar ardendo)... Devaneios filosóficos... Indignações... Surtos... Eu tinha que aparecer por aqui.

Essa coisa de final de ano é extremamente irritante.
Parece que todo mundo fica com cara de “foto do Orkut”. É uma felicidade exagerada... Uma comemoração que não tem fim...
Uma esperança de: “no ano que vem tudo será melhor”... “no ano que vem eu vou emagrecer”... “no ano que vem eu vou arrumar um namorado”... “no ano que vem eu vou ganhar dinheiro”... Sempre tudo no ano que vem.
Detalhe: Qual foi a parte que ninguém percebeu que essas promessas são feitas em TODO final de ano?!
Então o ano vira... E lá vamos nós esperarmos chegar dezembro pra refazer as promessas e votos de dias melhores... Oi?!
E ai?!


Mas o motivo maior da minha vinda não foi pra falar do otimismo maçante de final de ano. Hj quero falar do “envelhecimento”. É... Isso mesmo... Quero deixar minhas percepções do que é envelhecer. Pra uma mulher... É o fim. Acreditar que a imagem que se vê no espelho é real, é uma das tarefas mais difíceis que a mulher tem depois que ultrapassa os “trinta e poucos”.
É um martírio!!
Pq na nossa cabeça ainda somos aquela garotinha lá de trás... Que era cobiçada... Desejada... A síndrome da Cinderela persiste, mesmo quando seu rosto grita por um “Botox”.
Aquela velha calça guardada, continua pendurada no guarda-roupa esperando a hora do milagre...
ACOOOORDAAAAA!!!
Vc NUNCA mais vai caber dentro da coitada de tamanho 38...
Doe... Joga no mar como oferenda... E dê-se por satisfeita de ter aumentado apenas uns 3 numerosinhos (É... Poderia ser pior do que isso)!!!

Quando é que na sua vida vc imaginou que faria uma viagem de férias e não beijaria na boca uma vez sequer?! Quando é que vc pensou que ficaria feliz quando um único homem que te deu moral (um espetáculo, diga-se de passagem) estava com esposa e filhos e não passava de um galinha de marca maior?!
Detalhe: E vc e a coitada da esposa estavam na piscina tricotando informações da criação de filhos adolescentes...
Quando foi que vc pensou que passaria na rua toda produzida de mãos dadas com sua filha e escutaria um sonoro “OI SOGRONA!!”...

Não... Eu definitivamente não estou preparada para essa fase. Ninguém me instruiu a modelar minha cabeça para essa nova realidade. Estou aqui, mas não pertenço a esse novo mundo que me aponta 2009.

Em que ponto eu comecei a envelhecer assim que eu perdi?!

Mas ai eu vejo uma mulher como Madonna, e a esperança se renova. Ver aquela mulher de 50 anos no palco, foi, além de espetacular, um bálsamo de esperança em saber que uma mulher daquela idade pode sim ter aquele corpo... Ai eu tenho que ouvir: “Ela está horrorosa”... “Olha o rosto dela”... “Olha a mão dela”... E eu digo: Meus queridos, se eu chegar aos 50 anos com metade do vigor e corpo daquela mulher e ainda pegando gatinhos sarados de 20 anos, tá de ótimo tamanho!!!

NOTA DO DIA: Fazer cotação de Botox, Lipo, Abdominoplastia e Terapia... Urgenteeeeeeeeeeeee!!!!!!

Beijos enrugados!


Bal1

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Desejo

Eu desejo que desejes ser feliz de um modo possível e rápido,
Desejo que desejes uma via expressa rumo a realizações não utópicas, mas viáveis, que desejes coisas simples como um suco gelado depois de correr ou um abraço ao chegar em casa...

Desejo que desejes com discernimento e com alvos bem mirados. Mas desejo também que desejes com audácia,
Que desejes uns sonhos descabidos
E que ao sabê-los impossíveis não os leve em grande consideração,
Mas os mantenha acesos, livres de frustração,
Desejes com fantasia e atrevimento, Estando alerta para as casualidades e os milagres, Para o imponderável da vida, onde os desejos secretos são atendidos.

Desejo que desejes trabalhar melhor, que desejes amar com menos amarras,
Que desejes parar de fumar, que desejes viajar para bem longe...
E desejes voltar para teu canto, desejo que desejes crescer...
E que desejes o choro e o silêncio, através deles somos puxados pra dentro, Eu desejo que desejes ter a coragem de se enxergar mais nitidamente. Mas desejo também que desejes uma alegria incontida,
Que desejes mais amigos, e nem precisam ser melhores amigos,
Basta que sejam bons parceiros de esporte e de mesas de bar, Que desejes o bar tanto quanto a igreja, Mas que o desejo pelo encontro seja sincero,
Que desejes escutar as histórias dos outros,
Que desejes acreditar nelas e desacreditar também,
Faz parte este ir-e-vir de certezas e incertezas,
Que desejes não ter tantos desejos concretos,
Que o desejo maior seja a convivência pacífica com outros que desejam outras coisas.
Desejo que desejes alguma mudança, Uma mudança que seja necessária e que ela não te pese na alma,
Mudanças são temidas, mas não há outro combustível para essa travessia. E desejo, principalmente,
Que desejes desejar, que te permitas desejar,
Pois o desejo é vigoroso e gratuito, o desejo é inocente,
Não reprima teus pedidos ocultos, desejo que desejes vitórias, romances, diagnósticos favoráveis, mais dinheiro e sentimentos vários,

Mas desejo, antes de tudo, que desejes, simplesmente..
Martha Medeiros

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Resta uma Polyana no mundo



Nada de clichês do tipo: mais um ano, acabou, 10,9,8...
Vamos ao que interessa, ao que foi feito, e ao que continuará a ser.
Mas estou desconfiada que fugir totalmente do clichê parece um bocado impossível.
De um tempo para cá, tenho ouvido muito a clássica:
-Como você consegue ser assim?!!!
Ser assim que apesar dos percalços, das pedras, das dores... é ser leve, acreditar...
Tenho muito mais paixão pelo simples: como arrumar uma casa, e colocar uma margarida em um vasinho; do que pelo complicado.
Acho que tenho uma certa angustia em saber administrar o que me parece muito, sei que por querer o simples pareço complicadíssima.
Do alto dos meus 34 anos, nunca senti tanta leveza e certeza.
Ah! se eu soubesse que seria assim, não teria tido medo de ser uma balzaquiana.
Estou de férias, depois de um ano que para quem olhava vai tentar me desmentir, pois pareceu fácil por demais, mas ninguém, ninguém mesmo, sabe o quanto me exigiu. Usei todas minhas forças para continuar realizando meu sonho, só eu sei das coisas que abri mão, confesso que muitas não eram necessário, as fiz, pronto!
Vi muito, mais, sorrisos de meus alunos, saldo financeiro negativo, pedi empréstimo, fiz promoções e o melhor,convenci.
Retorno dia 06, se vou viajar?
Qual a parte de empréstimo que alguém não entendeu?
Vou mergulhar em mim, esse mar já me basta por hora.
No amor?! Confesso que perdi para mim mesma. Essa contastação é péssima, me faz ter uma incrível vontade de evaporar sem nenhum aviso. Mas é a verdade, e dessa aí não posso fugir!

Tive chance de dois namoros legais, acho que se eu não tivesse me traído ou me obedecido. ...teria dado romance. Mas não, a louca aqui no tão esperado segundo encontro, aquele que pode ser definitivo, fui bêbada de cair pelas tabelas, com a boca torta, falando absurdos obedecidos pelo Id ou Superego descontrol; em suma fazia propaganda enganosa...quase que colocar um fumante para propagar a importância do ar puro. : /
Falava, falava, falava e ... perdia para mim mesma.
Esqueci de ler as regras do jogo, ou então realmente eu não quis...
A pessoa que mais abomino nessa vida, é essa louca aí...bebo para aturar os chatos, para relaxar e principalmente sublimar. Só não sei beber, então acaba que os que me cercam têm que me aturar, e no dia seguinte é o fim, quase morte.
Ai MEU DEUS quantas vezes morri esse ano!!!!!
O pior é que tenho a estranha mania de tentar me retratar com a velha máxima ridícula:
- DESCULPA, acho que estava um pouco alta!
Que alta o quê?!!!! Estava voando com o Padre dos balões, só que no dia seguinte ao invés de estar em outra órbita, estava quicando na cama...ai!
Como sou Polyana, prefiro acreditar que não perdemos e sim sempre ganhamos.

MORTE à LOUCA DA POLLYANA!!!!!

O “meu” platônico Amor, hoje, é menor, pois hoje urge desejos, mais, maduros, que exigem contatos, pele, gosto e principalmente cheiros.
Mantemos contato e desejos, que só estão esperando o amor de verdade de carne e osso chegar, enquanto isso na certeza e incerteza de não sermos nós, nos enchemos de encantos, tesão e paixão. Até segunda ordem ele é o príncipe e eu a Cinderela que esqueceu o sapatinho de cristal em um lugar que nem eu, nem tu e nem ele sabemos.
Mas lá vem a sombra da Polyana, ainda acredito que vou encontrar o saltinho de cristal em outras palavras: EU ACREDITO NO AMOR!!!!!
Um belo dia, aqueles dias que você esta sexualmente transmissível e bela de doer, resgatei um paixão de pele do passado, somos amantes /amigos até hoje. Adoro a massagem de ego ...
eu não sei quanto a ele, só sei que me obedece...pois sou uma amante que exige presença na sexta-feira, sábado e domingo. O coitado se esforça, já matou tanta gente para me ver, que estão construindo um novo cemitério na cidade. : )
Outro que tentei um affaire mais “picante” foi um candango excelente de papo, que conheci numa dessas solitárias sexta-feira na sala de bate papo da Uol, me ligava de todos os países possíveis (viaja muito por conta do trabalho), veio duas vezes ao meu encontro...provou que beleza não é importante, mas que a pegada é essencial...para sermos amigos está lindo, mas não quero nada que fique a desejar. Até porque não sei, e não quero ser a outra...pouco,mui poco!
Houveram outros beijos, outros e outros, mas nada que movesse um só músculo meu, portanto não entra na biografia da vida.
Quanto a família, na ausência de MEU PAI tento humildemente tapar algumas lacunas deixadas por sua falta, minha mãe e eu ainda vivemos um relacionamento conflitoso apesar do amor. Meus irmãos são meus filhos por hora, e nunca deixaram de ser, mesmo quando tiver o meu.
Estou cuidando de mim: reiki, natação, musculação, respiração, perdão, Margarida.... e a certeza de que a vida é assim.
Acabei de abrir uma cerveja, estupidamente, gelada, sinto o cheiro de férias, estréio o meu computador novinho, e não estou fazendo nenhuma contagem regressiva só estou sendo simplesmente eu.
Ah!!! meus amigos? São meus, e quanto a isso só devo dizer que é sagrado.
Feliz Ano Novo e sem promessas.
Beijos simples.
PS: Ah! Voltei a conversar com todo carinho e afeto do mundo com meu ex marido!
Guilhotina para Polyana! rsrsrsrsr
Bal2