Follow by Email

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

There we go again!! by Bal1

Sim, voltamos.
Como já puderam perceber a Bal 2 continua com essa estranha mania de ter fé na vida. Fazer o que, né?! Tem síndrome que não cura.
Já eu, Bal 1, não poderia estar diferente: a Rainha da latada!
Latada sim... “O erro” em forma de gente.

Mas vamos deixar a hipérbole de lado, e vamos falar primeiro das coisas boas... Minha filha voltou. E voltou de uma forma que parece que o tempo parou para traze-la da forma em que foi embora. Apesar de já uma mocinha, continua minha “pituca” inteligente, divertida e companheira de sempre. E eu só tenho a agradecer a Deus por me dar de volta o ar para respirar.

Resolvida essa parte emocional que literalmente me impedia de ser feliz com qualquer outra pessoa, já que a tristeza fazia pousada dentro de mim, pensei ter resolvido todos os meus problemas sentimentais... LEDO ENGANO!

O interessante foi esse Blog ser retomado logo hj. Logo hj que decidi por fim na espera de um certo alguém que nunca virá... E não virá, pq ele só existe através da mulher da mulher que finjo ser quando estou com ele. (Complexo, né?!)... Ahhhhh... Mas não vou explicar isso agora não... Coloca Platão, Freud, Montesquie, Rousseau, Maquiavel no liquidificador, e talvez consiga chegar na tradução do que disse.

Enquanto estive ausente, me casei, descasei... Sofri, chorei, me aliviei... Tudo com a mesma intensidade de uma Montanha Desgovernada.
Aquele que era um anjo virtual, virou um pesadelo real... Percebemos rápido que no virtual se é o que se quer ser... E as máscaras caíram muito antes de chegar a primeira conta de energia.

Dessa experiência carrego muita coisa:
1 – Não se pode conhecer alguém através de uma tela luminosa do computador... Onde tudo pode ser mascarado e passado no “Photoshop da Vida”.
2 – Relacionamentos à distância são lindos em filme de Hollywood.
3 – Não se pode querer ter alguém quando não se sabe o que quer da vida.
4 – E o mais importante de tudo: “Eu sou i-n-c-o-n-v-i-v-í-v-e-l!” (Essa foi a ultima frase carinhosa que eu escutei do meu “amado ex-alguma coisa” que permaneceu ao meu lado por 3 meses depois de juras de amor eterno. (Ok, foi um contrato de experiência. No final não valia a pena ser efetivado. Saímos os dois, cada qual para o seu lado, sem ter que arcar com encargos de rescisão de contrato.)

Bem um dia depois do término deste equivoco, estou em casa ainda com lágrimas nos olhos quando o telefone toca. Era o Cris. Aquele moço que era o amor da minha vida. Que permaneceu em silêncio por 1 ano e meio.
Então eu com toda minha alma exotérica e cabalística penso: “_ Isso só pode ser um sinal.”

Ok, lá estava eu alguns meses depois envolvida novamente com aquele que eu tenho certeza absoluta que nasceu para ser meu (só não quer...Detalhe!).

Então hj após idas e vindas, desse que nasceu minha outra metade cheguei ao meu limite extremo e resolvi dar um basta. Resolvi então deixar de ser a sonsinha (detalhe, eu e Bal2 ficamos alternado os papéis de sonsinha e mulher fera...), e questionar pontos que andam me atingindo de forma letal:

1 – Qual foi a parte do “Eu não sou psicóloga” que vc não entendeu?!
2 – Em que momento da sua existência vc chegou à conclusão que eu sou boazinha?!
3 – Quem disse que vc poderia se sentir tão à vontade e fazer xixi de porta aberta na MINHA casa?!
4 – O que te faz pensar que eu vou te esperar por toda a minha vida (lá se vão 3 anos...)?!
5 – Que distúrbio vc tem pra achar que eu fico feliz quando vc conta das baladas que participou?!
6 – Em que escola te ensinaram que se a mulher não reclama é pq ela está satisfeita?!
7 – E pra terminar: Quem te disse que respeitar uma mulher é não comê-la depois de uma papo tenso?!

PARAAAAAAAAAAA TUDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!

Tá tudo errado!!

Portanto declaro aqui que inicio hj uma nova fase de contrato de experiência de 3 meses, podendo ser prorrogado por tempo indeterminado, de viver com a ausência dele em minha vida.

CHEGA!!

“Raspas e restos me interessam” funciona em letra de música. Na vida real agora, só serve se for por inteiro.

BOM ESTAR DE VOLTA!

Frase do dia:
“Quero ser o caçador, ando caçado de ser caça.” (Zeca Baleiro)
Hj eu queria:
Ter ouvido tudo que eu ouvi, com um desfecho diferente.
Amanhã eu quero:
Honrar tudo o que eu disse.

Beijos de saudades!

Bal 1

Nenhum comentário: